• Aline Mesquita

dança do ventre e nomes árabes

Você já deve ter percebido que muitas bailarinas de dança do ventre adotam nomes artísticos árabes, mesmo que suas carreiras sejam desenvolvidas inteiramente em seus países de origem e não em países árabes. Os nomes árabes, com sua sonoridade e seus significados, acabaram se tornando populares; eles exercem um certo fascínio e eventualmente se tornam uma “coroação” no processo de formação da bailarina de danças orientais.



crédito da foto: Tamara Wagner


Muitas alunas de dança do ventre acabam recebendo nomes árabes de “batismo” na dança por intermédio de sua professora durante uma festa, uma certificação ou como um rito de passagem em uma primeira apresentação solo, por exemplo. Não existe uma regra para esse rito, mas é comum que ele seja realizado em uma data especial. Outras bailarinas, por escolha própria e pessoal, adotam o nome árabe por identificação com a tradução dele para se sentirem pertencentes àquele universo. Entretanto, toda essa suposta tradição não passa de mais um misticismo criado em cima da cultura árabe, assim como tantos outros fetiches e

Capa do livro de Edward W. Said

estereótipos já existentes, como bem nos diz Edward W. Said em seu livro 'Orientalismo O Oriente como invenção do Ocidente'. O fato é que com ou sem tradição, os nomes árabes se tornaram populares no meio da dança do ventre e, se por acaso você tiver essa vontade de ter um nome árabe, você pode escolher um nome que você goste, que tenha significado para você e que tenha relação com a sua personalidade e com a dança do ventre, sem a necessidade de passar por qualquer tipo de rito de batismo.


Algumas bailarinas que fazem carreira internacional na dança do ventre acabam adotando nomes artísticos também por acharem que isso as aproxima da cultura na qual estão inseridas ou simplesmente porque seu nome verdadeiro não soa bem em outra língua ou ainda por ser mais complicado de se pronunciar nos países árabes. No entanto, algumas bailarinas da

Pôster de Ali Baba, da Era de Ouro

própria Era de Ouro do Cinema Egípcio, ou seja, bailarinas egípcias, também aderiram a nomes artístiscos de bailarina naquela época. Você sabe quem foi Badaweya Mohamed Kareem Al Nirani? Não? E se eu disser que ela é uma das maiores referências da dança oriental árabe? Talvez o nome Taheyya Mohamed soe um pouco mais familiar, não é mesmo? Pois então! Essa bailarina começou a trabalhar em 1933 conhecida por Taheyya Mohamed; contudo, naquela época uma dança

'Voando para o Rio de Janeiro'

se tornou muito famosa em um filme chamado Flying Down to Rio ('Voando para o Rio de Janeiro') com os astros Fred Astaire e Ginger Rogers. A dança interpretada pelo casal de Hollywood tinha como título “Carioca”, que foi baseada no trabalho de Carmen Miranda (a cantora luso-brasileira). Taheyya se encantou com a referência brasileira do samba e o incorporou à sua dança, obtendo um grande sucesso. E foi assim que uma das maiores bailarinas de dança do ventre ganhou seu famoso nome artístico: Taheyya Karioca.



Taheyya Karioca - uma das maiores referências da dança oriental
estrela da era de ouro


Abaixo uma listinha com alguns nomes árabes femininos e seus significados para você se inspirar, caso esteja pensando em adotar um nome árabe:

Aisha: vida, viva

Amira: governadora, princesa

Aziza: preciosa, poderosa

Bahirah: brilhante, esplêndida

Binnaz: encantadora

Badi’a: Admirável, Única

Charis: graciosa

Chrystal: brilho, cintilante

Celina: celestial

Dahra: misericordiosa

Dilshad: de coração alegre

Dunya: mundo

Emel: ambição

Esma: mulher morena

Emine: confidente

Farah: Alegria Faridah: Única Fatimah, Fatima: Filha Do Profeta

Ghazala: gazela, graciosa

Gia: Rainha

Gulnar: flor de romã

Habibah: Amada / Querida Hadiya: Guiada Para A Justiça Hafsa: jovem leoa

Iris: flor de iris

Inas: cortes

Iman:

Jamilah: Bonita Janan: Coração Johara: Jóia

Kamilah: Perfeita Karimah: Generosa / Nobre Khadijah, Khadeeja: Primeira Esposa Do Profeta

Latifah, Lateefa: Suave / Amável / Amigável Layla, Leila: Noite Lu’lu’: Pérolas

Malak: Anjo Malika: Rainha

Munirah, Muneera: Iluminante / Luminosa / Esclarecida

Nadia: O Começo

Nabilah: Nobre

Nawar: Flor

Ofra: lua

Oriana: oriente

Ornah: pinho

Parvaneh: borboleta

Paz: dourada

Phila: amor

Qamar: lua

Qubilah: Harmoniosa

Rajaa: esperança

Rana: Olhar

Rayzel: rosa

Sabah: Manhã

Samira: Divertida

Soraya: estrela

Tamar: fruta

Talibah: Procuradora De Conhecimento Tarub: Alegre

Uhuru: liberdade

Warda: Rosa

Xenia: hospitaleira

Yasmine, Yasmin: Jasmim




E é isso, pessoal! Se você leu até aqui, muito obrigada! Espero que você tenha gostado desse post e da nossa listinha de nomes árabes, caso você esteja pensando em adotar um nome para dança do ventre. Se gostou da lista, então compartilha o post para ajudar as colegas com sugestões legais de nomes para a dança oriental. Sinta-se à vontade para comentar o que você achou do que leu aqui, se você usa um nome artístico árabe etc.

Se tiver interesse em começar as aulas de dança do ventre, acesse a página Aulas do site, ou entre em contato para saber à respeito das turmas, horários e valores.

E não deixe de acompanhar meus posts aqui e nas minhas redes sociais!

541 visualizações